Digital

Parcerias do Sebrae com grandes hubs de inovação já impactaram mais de 600 mil pessoas

Desde que a pandemia começou, a instituição busca unir-se com organizações voltadas para o crescimento das vendas no universo online. A trilha de conhecimento do programa UP Digital também contribui com a transformação digital dos negócios

Há mais de um ano, com início da pandemia, o Sebrae tem direcionado seus esforços para dar suporte aos donos de micro e pequenos negócios para superarem o momento de instabilidade econômica e sanitária vivida pelo país. Nesse contexto, a transformação digital dos negócios tornou-se uma das principais medidas para recuperar o faturamento e manter as vendas das empresas. Sabendo disso, a instituição investiu em parcerias com grandes hubs de inovação, como o Facebook e o Magazine Luíza, para impulsionar o crescimento dos micro e pequenos negócios no comércio digital. Dados da última pesquisa do Sebrae sobre o impacto do coronavírus nos micro e pequenos negócios mostram que 69% dessas empresas já realizam vendas de forma online e, de cada dez empresas, sete já comercializam seus produtos e serviços pela internet.

Desde que foram criadas, as duas parcerias do Sebrae já impactaram mais de 619 mil empreendedores e esse número não para de crescer. Na colaboração com o Magazine Luíza, o Sebrae lançou a possibilidade dos micro e pequenos negócios, inclusive os MEI, venderem seus produtos em um dos maiores marketplaces do país, com condições diferenciadas. Através da sinergia entre as duas instituições, o empreendedor pode fazer anúncios dentro da plataforma do Magazine Luíza, alcançar mais visualizações de seu produto e ainda se capacitar com os cursos e conteúdos oferecidos pelo Sebrae.

“Enquanto alguns marketplaces chegam a cobrar de 20% a 30%, no Parceiro Magalu o empreendedor paga apenas 3,99% de comissionamento. Nessa iniciativa, o Sebrae não pensou apenas nas vendas, nós criamos trilhas de ensino de marketing digital, sobre como fazer anúncios mais atrativos, como atender o cliente online, entre outras. É uma contribuição de ambos os lados, na qual todos os envolvidos saem ganhando. Temos mais de 553 mil visitas no site da parceria. Cerca de 23 mil usuários do Parceiro Magalu já foram atendidos pelo Sebrae e o número de vendedores dentro da ferramenta aumentou em duas vezes, se comparado ao ano passado e temos mais de 22 mil participações nas trilhas de conhecimento elaboradas pelo Sebrae”, comemora o analista de competitividade do Sebrae, Flávio Petry.

Outro grande parceiro do Sebrae na caminhada para inclusão dos micro e pequenos negócios no ambiente online é o Facebook. O conglomerado de redes sociais comandado por Mark Zuckerberg detém as principais plataformas de vendas online usadas no momento: Instagram, Facebook, Whatsapp, Messenger e Workplace. O Sebrae uniu-se ao gigante das redes sociais, criando o ambiente chamado “Impulsione com o Facebook”. A parceria consiste basicamente no compartilhamento de conteúdos úteis para os micro e pequenos negócios performarem melhor nas redes sociais, com anúncios, publicações e interações estratégicas.

“Sebrae e Facebook são duas organizações que têm os micro e pequenos negócios como usuários frequentes. Essa parceria é focada na complementariedade que cada um pode oferecer ao público. O objetivo é unir canais, ampliar o alcance e gerar novas formas negócios. Dentro da página Impulsione com Facebook divulgamos soluções, lançamos cursos inéditos, realizamos lives com especialistas. A título de exemplo, o Conectando Pequenos Negócios, evento realizado durante uma semana, teve mais de 66 mil visualizações de conteúdo setorial e de marketing digital tão relevantes para os pequenos negócios do Brasil. A capacitação nas temáticas de futuro, transformação digital e marketing digital são fundamentais para promover a competitividade das empresas brasileiras”, explica a analista de gestão estratégica, Andrea Restrepo.

Up Digital
A jornada do Up Digital, trilha de conhecimento criada para ser feita em 10 dias, é a proposta do Sebrae desenvolvida durante a pandemia para auxiliar os pequenos negócios na construção da sua presença digital. Desde que foi lançado, em abril de 2020, o Up Digital já transformou a vida de mais de 2 mil empreendedores em todo país. A imersão conta com pelo menos três encontros online, com consultores especializados e a interação em grupos de empresários que reúnem o mesmo objetivo: aumentar o número de vendas online. O programa tem agradado tanto, que já foi feito em outras duas versões, o Up Digital Controles Financeiros e o Up Digital Gestão da Energia.

De acordo com a analista de inovação do Sebrae, Fernanda Zambon, a meta para o fim deste ano é atender mais de 10 mil empreendedores. “Grande parte do sucesso do programa se dá pela qualidade do material oferecido e pela agilidade do Sebrae em lançar exatamente algo que atende as dores dos micro e pequenos negócios nesse momento. O UP Digital nasceu assim que a pandemia começou, a transformação digital já vinha acontecendo e foi acelerada. Muitos empreendedores trabalham sozinhos ou com poucos colaboradores, por isso ter um programa que te ensina como atuar no meio digital de maneira rápida e prática é essencial. Estamos preparando inovações para o UP Digital que fará com que ele alcance ainda mais pessoas”, observa.

Presença Digital

O Sebrae dedica o mês de julho à temática da presença digital. Ao longo de todo o mês, será realizada uma série de atividades voltadas ao debate sobre a importância da transformação digital nos pequenos negócios. A pesquisa de Impacto da Pandemia nas MPE mostra que quem aderiu às vendas online e soube explorar melhor as ferramentas sentiu menos as consequências da crise. A comercialização de produtos pela internet foi acelerada pela pandemia. Por isso, conheça todas as soluções de gestão disponibilizadas, gratuitamente, pelo Sebrae e acompanhe a programação nas redes sociais da instituição.