Qualificação

Semana Global de Empreendedorismo impulsiona debate sobre inclusão e ‘nova economia’

Coordenado pelo Sebrae no Brasil, o evento é a maior iniciativa do mundo para falar sobre empreendedorismo. Neste ano, serão geradas um milhão de vagas em ações de capacitação, oficinas, mentorias, entre outras

Capacitar, inspirar e conectar. Essas três palavras vão nortear a Semana Global de Empreendedorismo (SGE), maior iniciativa do mundo em termos de mobilização pelos empreendedores, que acontece entre os dias 8 e 14 de novembro. No Brasil, o evento é coordenado pelo Sebrae, com expectativa de abrir um milhão de vagas para capacitação, entre oficinais, painéis, cursos, mentorias, consultorias, ambientes para network, entre outras ações. Nesta edição, o tema da Semana Global de Empreendedorismo é sobre Empreendedorismo e Inclusão no contexto pós-pandemia.

A abertura, no dia 8 de novembro, a partir das 15h, contará com a presença do presidente do Sebrae, Carlos Melles; do secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa; do presidente da Frente Parlamentar Mista de Apoio às MPEs, senador Jorginho Mello; do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, José Roberto Tadros e do senador Agripino Maia, autor do projeto de lei que instituiu a Semana Global de Empreendedorismo no calendário nacional de eventos. Esta será a primeira Semana Global brasileira sob a vigência da Lei 14135/2021.

A programação do dia 8 segue com a participação de especialistas renomados, discutindo os principais desafios e oportunidades para os empreendedores, durante o movimento de retomada das atividades após a pandemia. Entre os participantes estão: Marcelo Neri, diretor do FGV Social e fundador do Centro de Políticas Sociais, falando sobre o combate à desigualdade e integração produtiva; Jorge Arbache, professor de economia da Universidade de Brasília, traçando uma perspectiva sobre os micro e pequenos negócios na retomada e Claudia Costin, diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da FGV, comentando a nova economia e seus impactos sobre a educação.

Na sequência, o empreendedorismo feminino e como apoiá-lo é tema do encontro com a participação da fundadora da Rede Mulher Empreendedora, Ana Fontes. Diversidade, Acessibilidade e Empreendedorismo será o último tema do dia, com Carolina Ignarra, CEO e fundadora da Talento Incluir e da UinHub.

O analista de assessoria institucional do Sebrae, Getúlio Vaz, destaca que nesta edição o tema da SGE foi pensado exatamente para discutir as principais necessidades dos empreendedores. “Pesquisas recentes mostram que muitas pessoas buscaram empreender na pandemia, não por oportunidade, mas por necessidade. É um público que não teve tempo de se planejar, de buscar capacitação. Acredito que o evento vai contribuir bastante nesse sentido”, afirma. Segundo Getúlio, cada unidade estadual do Sebrae irá preparar uma programação específica, respeitando as características de cada localidade. “A programação é muito ampla e tem conteúdo de alto impacto para os mais diversos temas, tudo disponibilizado de forma gratuita e democrática”, acrescenta.

Toda a programação da SGE será transmitida ao vivo pelo YouTube do Sebrae.

Entenda a Semana Global de Empreendedorismo
A Semana Global de Empreendedorismo (SGE) foi criada em 2007 pelo ex-primeiro ministro britânico Gordon Brown e pelo presidente da Kauffman Foundation (Carl Schramm), com o objetivo de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora, conectando, capacitando e inspirando as pessoas a empreender. Desde 2018 a iniciativa é liderada, no Brasil, pelo Sebrae, e conta com o apoio das instituições que compõem o Conselho da Semana Global: Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor e Junior Achievement.